Ir direto para menu de acessibilidade.
>Legislação > Portarias Normativas > 2012 > Portaria nº 548, de 18 de junho de 2012


Portaria nº 548, de 18 de junho de 2012

Publicado: Segunda, 18 Junho 2012 11:42 | Última atualização: Quinta, 21 Janeiro 2021 11:34 | Acessos: 2247
 

Altera dispositivos da Portaria nº 430, de 19 de junho de 2009, e dá outras providências.

 

Observação: Este texto não substitui o publicado no Boletim de Serviço em 18/6/2012.

 

O PRESIDENTE DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhe confere o art. 179, inciso I, do Regimento Interno da Agência, aprovado pela Resolução nº 270, de 19 de julho de 2001, e alterações posteriores,

CONSIDERANDO o disposto na Portaria nº 430, de 19 de junho de 2009;

CONSIDERANDO o disposto na Portaria nº 461, de 16 de maio de 2012;

CONSIDERANDO o constante nos autos dos Processos n. 53504.005481/2007, 53500.010570/2012 e 53500.013034/2012.

R E S O L V E :

Art. 1º Os arts. , caput, 20, 22 e 26 da Portaria nº 430, de 19 de Junho de 2009, passam a vigorar com as seguintes redações:

“Art. 3º O cumprimento da jornada de trabalho será apurado por meio de ponto eletrônico.”

“Art. 20. O controle de frequência dos servidores será realizado por meio de sistema informatizado em estação de trabalho da rede da Agência.”

“Art. 22. Na ocasião de participação em capacitação, o servidor poderá ser dispensado do cumprimento parcial ou integral de sua jornada de trabalho, a critério do gerente-executivo ou chefe da respectiva unidade.”

“Art. 26. Os gerentes-executivos poderão delegar as atribuições previstas nesta Portaria.”

Art. 2º A Portaria nº 430, de 19 de Junho de 2009, passa a vigorar acrescida dos seguintes dispositivos:

“Art. 1º (...) Parágrafo único. O intervalo para refeição dos servidores não poderá ser inferior a 1 (uma) hora e nem superior a 3 (três) horas.”

“Art.3º-A. Ocorrendo jornada de trabalho diferente à que estiver sujeito o servidor, por necessidade de serviço, ou ainda, atrasos, ausências justificadas e saídas antecipadas, poderá haver compensação até o mês subsequente à ocorrência.”

Art. 3º Ficam revogados os artigos , § 2º; ; ; ; ; 10; 18; 21 e 23 da Portaria nº 430, de 19 de Junho de 2009.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

JOÃO BATISTA DE REZENDE

 Presidente

Nós protegemos seus dados

Saiba como usamos seus dados em nosso Aviso de Privacidade. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com os Termos de Serviço e a Política de Privacidade da Anatel.