Ir direto para menu de acessibilidade.
>Legislação > Portarias Normativas > 2011 > Portaria nº 670, de 1º de agosto de 2011 (REVOGADA)


Portaria nº 670, de 1º de agosto de 2011 (REVOGADA)

Publicado: Segunda, 01 Agosto 2011 08:11 | Última atualização: Quinta, 21 Janeiro 2021 12:30 | Acessos: 1237
Revogada pela Portaria nº 882/2013

Altera a Portaria nº 377, de 4 de maio de 2011.

 

Observação: Este texto não substitui o publicado no Boletim de Serviço em 1/8/2011.

 

O PRESIDENTE DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhe confere o art. 46 do Regulamento da Anatel aprovado pelo Decreto nº 2.338, de 7 de outubro de 1997; e

CONSIDERANDO o disposto no Processo nº 53500.000700/2011;

RESOLVE:

Art. 1o Alterar o Art. 4º da Portaria nº 377, de 4 de maio de 2011, que passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 4o As deliberações da CAID serão tomadas em reuniões e por maioria de votos.

1o O membro da CAID manifesta seu entendimento por meio de voto, não lhe sendo permitido abster-se na votação de nenhum assunto.

2o O quorum para votação de recursos é de 9 (nove) membros, sendo 4 (quatro) representantes da Administração e 5 (cinco) representantes dos servidores eleitos.

§ 3o Para outros assuntos, a deliberação será por maioria de votos dos presentes, mantido o quorum mínimo de 5 (cinco) membros.”

Art. 2º Alterar o Art. 10 da Portaria nº 377, de 4 de maio de 2011, que passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 10º A CAID julgará os recursos interpostos no prazo máximo de trinta dias, prorrogável por igual período, a partir da data de recebimento, sendo a decisão comunicada ao avaliador, ao avaliado e à Gerência-Geral de Talentos e Desenvolvimento Organizacional - ADTO, para as providências complementares.”

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

RONALDO MOTA SARDENBERG

Presidente

Nós protegemos seus dados

Saiba como usamos seus dados em nosso Aviso de Privacidade. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com os Termos de Serviço e a Política de Privacidade da Anatel.