Ir direto para menu de acessibilidade.
>Legislação > Normas do MC > Portaria nº 193, de 5 de agosto de 1988


Portaria nº 193, de 5 de agosto de 1988

Publicado: Segunda, 08 Agosto 1988 10:00 | Última atualização: Quinta, 08 Outubro 2020 10:04 | Acessos: 1714
   

 

Observação: Este texto não substitui o publicado no DOU de 8/8/1988.

 

O MINISTRO DE ESTADO DAS COMUNICAÇÕES, no uso da atribuições e,

CONSIDERANDO o pleito dos Sindicatos dos Transportadores Autônomos de Bens dos Estados, no sentido de ser autorizada a implantação de um sistema de radiocomunicação para apoio aos transportadores rodoviários nas estradas, objetivando principalmente sua segurança; a existência do serviço Telefônico Público Móvel Rodoviário - TELESTRADA e a conveniência da compatibilização dos referidos sistemas, na medida do possível, uma vez que, até certo ponto, são complementares e, ser necessária uma coordenação para implantação, operação e utilização do sistema pleiteado,

RESOLVE:

1 - Instituir, dentro do Serviço Limitado, o sistema de radiocomunicação para apoio e segurança dos transportadores rodoviários, com a denominação de Serviço Limitado - RADIOESTRADA.

1.1. O Serviço Limitado - RADIOESTRADA pode ser permitido aos interessados que, atendidas as condições estabelecidas para a autorga do Serviço Limitado, tenham como atividade principal o transporte rodoviário intermunicipal ou interestadual e àqueles cuja atividade permita dar apoio ou segurança aos transportadores rodoviários.

1.2. A coordenação de implantação, operação e utilização do sistema será exercida por entidades de coordenação de âmbito estadual que, em princípio, são os Sindicatos dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens dos Estados - SINDICAM’S.

1.3. As entidades de coordenação, nível estadual, poderão celebrar convênios com entidades afins ou órgãos públicos.

1.4. Incumbe às entidades de coordenação, entre outras obrigações:

a) Submeter à aprovação do Departamento Nacional de Telecomunicações - DENTEL, o plano de implantação, operação e utilização do sistema, ou qualquer alteração que venha a ser introduzida;

b) promover cursos práticos sobre as regras e procedimentos operacionais a serem obedecidos na utilização das estações e do sistema;

c) manter o DENTEL informado sobre o desempenho do Sistema;

d) informar ao DENTEL qualquer irregularidade observada na utilização do sistema por parte dos permissionários;

e) manter cadastro atualizado de todos os usuários do sistema, no âmbito de sua jurisdição;

f) divulgar, periodicamente, listagem dos usuários do sistema, no âmbito de sua jurisdição;

g) fornecer, ao interessado, declaração de anuência a seu ingresso no sistema.

1.5. Após aprovado pelo Departamento Nacional de Telecomunicações - DENTEL o plano de implantação, operação e utilização do sistema, os interessados poderão solicitar a outorga do Serviço Limitado - RADIOESTRADA.

1.5.1. Aos que tenham como atividade principal o transporte rodoviário previsto no subitem 1.1., serão licenciadas estações móveis e aos demais, estações de base.

1.6. Os pedidos de outorga para execução do Serviço Limitado - RADIOESTRADA devem ser entregues na unidade do DENTEL (Divisão de Telecomunicações ou Diretoria Regional) de sua jurisdição, acompanhados do documento de anuência da entidade coordenadora correspondente.

1.6.1. Para a obtenção do documento de anuência, o interessado não é obrigado a ser filiado, associado ou sindicalizado a nenhuma entidade coordenadora ou a entidade ou órgãos conveniados.

1.6.2. O interessado em obter o documento de anuência da entidade coordenadora correspondente, deve atender às seguintes condições:

a) ter como atividade principal o transporte rodoviário previsto no subitem 1.1. ou cuja atividade permita dar apoio ou segurança aos transportadores rodoviários, de conformidade com o plano de implantação do sistema;

b) fornecer à entidade coordenadora os dados necessários ao cadastramento, inclusive do veículo, quando for o caso, e a relação das facilidades oferecidas em razão da atividade que exerce;

c)conhecer as regras e os procedimentos operacionais a serem obedecidos na utilização do sistema.

2 - Facultar aos transportadores rodoviários permissionários do Serviço TELESTRADA a utilização do Sistema RADIOESTRADA, desde que atendidas as condições estabelecidas nesta Portaria e autorizados pelo DENTEL.

3 - Permitir que sejam utilizados equipamentos homologados ou registrados para o Serviço Limitado ou para o Serviço TELESTRADA, respeitadas as condições estabelecidas nas instruções que serão baixadas pelo DENTEL.

4 - Determinar que sejam consignadas às estações do Sistema RADIOESTRADA, para o uso que se especifica, as seguintes freqüências:

a) 156,900 MHz - para uso nas comunicações entre estações de base e móveis ou entre estações móveis.

b) 156,675 MHz - freqüência do canal intermóveis do Serviço TELESTRADA, para uso exclusivo nas comunicações entre estações móveis.

5 - Determinar que o Departamento Nacional de Telecomunicações - DENTEL baixe as instruções necessárias para a implantação e a outorga do Serviço Limitado - RADIOESTRADA.

Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES

Ministro de Estado das Comunicações

Nós protegemos seus dados

Saiba como usamos seus dados em nosso Aviso de Privacidade. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com os Termos de Serviço e a Política de Privacidade da Anatel.